Dropshipping

Dropshipping com produtos japoneses para clientes no Japão – DICA BÔNUS: 3 lojas de atacados online

Você quer trabalhar com vendas em casa sem estoque e com produtos japoneses? Então é esse o artigo que você precisar ler até o final!

Hoje eu vou falar sobre Dropshipping … no Japão!

Neste artigo, além de explicar tudo sobre Dropshipping eu vou te contar sobre 3 lojas de atacado on-line aqui do Japão – que vão funcionar como seus fornecedores de produtos com valores menores – o que é ideial para revenda.

Antes de começar a ler, tenha em mente que eu estou escrevendo sobre Dropshipping aqui do Japão. Eu vou te explicar como ter um e-commerce, com a modalidade de Dropshipping, morando aqui no Japão e vendendo para japoneses.

Fica comigo até o final que eu tenho um convite irrecusável para você!!

 O que é Dropshipping afinal?

Entenda como o dropshipping funciona

Dropshipping é uma modalidade de venda on-line em que o vendedor não precisa dispor de estoque. E como isso funciona?

Normalmente para você vender um produto você precisa ou fabricar o produto ou comprar em uma loja de atacado e então revendê-lo on-line. E tudo que você não vende, vira o seu estoque. Correto?

na modalidade de Dropshipping você não precisa de estoque. Sabe porquê?

Porque você só vai comprar os produtos no fornecedor (da loja de atacado) quando você tiver uma venda! Ou seja, você coloca seus produtos na sua loja on-line e quando tiverem vendas você comprar na loja de atacado, – o que inclusive te permite ter um lucro maior já que você consegue comprar por um valor menor e vender por um valor maior.

Com a eliminação da necessidade de estoque você anula a possibilidade ter prejuízo com produtos parados no estoque. Você só “gasta” comprando produtos que já estão vendidos!

Veja o conteúdo deste artigo em vídeo.

Inclusive (fatos da minha vida) Dropshipping foi a minha tese da faculdade. Eu fiz faculdade de Economia na Faculdade Pública de Saitama. Na época eu fiz vários testes, inclusive fiz testes em uma das lojas que eu vou apresentar. Na realidade, o tema geral da minha tese foi sobre Marketplaces, se era mais fácil vender por lojas tradicionais (físicas) ou no Marketplaces.

Enfim, se você quiser ler minha tese, ela está lá na Universidade de Saitama 埼玉大学 você pode ir lá e ler – provavelmente ainda está arquivada lá.

A única diferença do Dropshipping do Brasil com o que é realizado aqui no Japão é que nas lojas de atacado daqui não são todos os produtos que você consegue enviar direto da loja de atacado para o cliente.

Dependendo do produto, será necessário pedir que enviem na sua casa, para daí sim você enviar para o cliente.

Pontos positivos do Dropshipping

1. Você não precisa de estoque

O que evita o risco de produtos juntando poeira e prejuízo no estoque.

2. Envio para cliente

Se você conseguir enviar o produto da loja de atacado direto para o cliente você não vai ter o trabalho de pegar o produto, embrulhar e despachar.

3. Tudo feito via Internet

Só tendo uma conexão de internet e um computador – às vezes um celular já basta – você consegue fazer toda a operação da sua loja.

Pontos negativos do Dropshipping

1. Preços variáveis

Como você não vai comprar esses produtos, nem negociar o preço com o atacadista, o preço costuma ser um pouco mais alto. Afinal, não é como se você realmente tivesse ido lá e combinado uma quantidade X de produtos por mês, por exemplo.

O sistema é bem diferente.

2. Concorrência

Isso não vale apenas para o Dropshipping, mas para vendas online no geral. Trabalhando na internet seus concorrentes serão MILHARES. É diferente de quando você tem uma loja física. Pode até ser que tenham algumas lojas ao redor vendendo o mesmo produto que você, mas serão poucas vezes e não várias centenas como na internet.

3. Não conhecer o produto 100%

Talvez você nunca chegue de fato a conhecer o produto que está vendendo e por isso não saiba como o produto funciona. Ou pode ser que você nunca tenha trabalhado com o nicho de produtos que está vendendo.

Por isso acredito ser interessante que você faça um teste com o produto antes de vender. Conhecendo melhor o produto você irá conseguir vender ele com mais facilidade, inclusive.

Quais os processos o Dropshipping possui?

Produtos

Primeiro de tudo você precisa escolher quais produtos quer vender.

Loja

Em seguida você irá abrir a sua loja on-line. O seu e-commerce.

Mas, Clarisse, eu não sei abrir uma loja virtual”.

Acalme seu coração que a sensei aqui já tem um tutorial explicando o passo a passo para abrir sua lojinha virtual.

Termine de ler este artigo e vai correndo ver o tutorial. Essa semana mesmo você já pode começar 😉

Agora com a loja aberta, cadastre seus produtos.  

Divulgação

Agora com a loja aberta e produtos cadastrados você precisa anunciar! Essa parte é fundamental para alavancar suas vendas, afinal como você espera que as pessoas comprem na sua loja se elas não sabem da loja?

Você pode anunciar pelo Google, Facebook, Instagram e nas suas próprias redes sociais.

Compra

Depois da venda confirmada, você precisa ir até a loja de atacados e fazer sua encomenda. Claro, colocando os dados do cliente, afinal você quer que chegue na casa dele e não na sua.

É importante que você monitore se os fornecedores possuem estoque, já que você não tem estoque é necessário vigiar o estoque do seu fornecedor.

Agora que você já entendeu como funciona o Dropshipping vou te contar quais são as lojas de atacado online mais utilizadas aqui no Japão. A vantagens dessas lojas é que a maioria não exige que você compre uma quantidade x de produtos. Preparados? Então vamos

Dica Bônus: 3 fornecedores japoneses

Netsea – a maior do Japão

Ela tem mais de 1,700 produtos. O catálogo de produtos da Netsea é BEM abrangente, de sapatos até eletrodomésticos.  E, é claro, de muitos produtos disponíveis você pode fazer Dropshipping sim – mais ou menos 600 produtos disponíveis para Dropshipping.

Top Seller – Sistema integrado

O Top Seller funciona um pouco diferente da Netsea. A Netsea é como se fosse a junção de várias lojas de atacado dentro de uma só, ou seja, um Marketplace de várias lojas de atacado.

Já o Top Seller funciona mais como um sistema, ele em si é uma loja de atacado e você consegue até fazer um plano com eles. Escolhendo o produto e plano eles te mandam uma planilha que você consegue conectar com a sua loja do Rakuten ou Yahoo, por exemplo.

Ao fazer uma venda na sua loja o pedido é automaticamente mandado para o sistema do Top Seller e eles mesmos fazem o envio para o cliente. Muito mais fácil e rápido.

Para esses benefícios é necessário pagar um valo fixo por mês. Você pode fazer um お試し Otameshi, um teste com 5 produtos por um mês. Os planos vão de 300 produtos por ¥480 até 20,000 produtos por ¥4,980 por mês.

 Utilizando o Top Seller, a única coisa que você terá que fazer – já que o resto é automatizado – é o atendimento ao cliente.

Oroshi-tatsujin 卸の達人

A Oroshi-tatsujin é uma loja que trabalha mais com produtos de beleza, como cremes e suplementos. Assim como a Top Sellers eles enviam direto para o cliente.

Pós-venda

Acredito que até aqui não foi um bicho de sete cabeças, não é? Afinal, mesmo que você não saiba muito inihogô você pode utilizar o Google tradutor para fazer a sua lojinha e procurar os produtos que quer vender, por exemplo.

Dos processos do Dropshipping, o pós-venda acredito que seja o mais desafiador já que serão lojas voltadas para japoneses, logo você terá que interagir com o cliente, seja tirando alguma dúvida ou recebendo alguma reclamação.

Nem sempre o Google tradutor irá funcionar e você pode ficar sem entender o que o cliente está falando ou talvez você não consiga se expressar.

Poxa, Clarisse, lascou então. Com eu vou fazer para falar com meus clientes?”

Minha sugestão aqui é o seguinte: se você realmente quer crescer  sua lojinha online contrate um assistente que saiba japonês.

Alerta de dica bônus preciosa !!

E você não vai precisar, necessariamente, de um tradutor – DICA VALIOSA.

Para quem quer mesmo trabalhar com isso você precisa sim de um assistente, mas não precisa ser um tradutor. Sabe as plataformas de freelance que eu já apresentei aqui no blog? Não sabe? Leia aqui sobre plataformas de freelance.

Voltando, sabe essas plataformas que eu te disse para conseguir trabalho por elas? Bom, agora é a sua hora de ser o contratante!

Anuncie que procura por pessoas que saibam japonês e português e que tenha experiência com lojas on-line, afinal você quer que ela te ajude a gerenciar a sua.

O contrato pode ser semanal ou mensal, o que ficar melhor para você. Quem sabe ela pode tomar conta também dos pedidos da loja. Tudo fica funcionando no automático e você quase não irá precisar trabalhar.

Interressante, ein?


Deixa eu adivinhar.

Você já está cheio de dúvidas sobre este assunto, não é mesmo? Está com uma listinha de perguntas para me mandar no meu Instagram ou Facebook, né?

Gente, eu já estou aqui a mais de 2 anos. Eu já leio a mente de vocês hahahaha

Sempre quando eu escrevo ou gravo vídeo para o YouTube como este, vocês me mandam muitas perguntas e eu quase nunca consigo responder todos vocês – claro né gente eu sou só uma e o dia só tem 24 horas hahaha (me desculpem).

Pensando em ajudar vocês (especialmente você que leu este artigo até o final) eu resolvi dar uma aula 100% on-line 100% gratuita sobre Dropshipping!!!

Felizes? Eu estou!!!

A aula vai ser ao vivo 17 de janeiro de 2021 as 10 horas da manhã!!!

Mas Clarisse, você já não explicou tudo?”

Então, gente, no dia 17 eu vou explicar com mais detalhes todo o processo de ter uma loja Dropshipping e, além disso, eu vou te ensinar algumas palavrinhas em japonês que você poderá utilizar para abrir sua lojinha. No final da aula você já vai saber todos os caminhos para abrir uma lojinha online e todo os detalhes da estrutura também!!

Imperdível eim pessoal!!

https://shoshinshafinanceiro.com/courses/loja-virtual-no-japao-dropshipping/

Aaaaaah, a vagas serão limitadas!! Para poder assistir a aula 100% gratuita e 100% online você terá que se inscrever clicando aqui. Olha, estou muito feliz em poder te ajudar nessa sua nova jornada !!! Estou te esperando no dia 17 de janeiro.

Espera! Você está triste porque está lendo este artigo depois do dia 17 de janeiro?

Não fica triste não!!! Você pode adquirir a aula clicando aqui.


Se inscreva para futuras vagas do curso Shoshinsha Financeiro!

Não é inscrito ainda no canal? Se inscreva!

Acesse ao Blog

Me siga no Facebook e no Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *