Talvez você recebeu menos o seguro desemprego no Japão! Saiba como funciona e como vai ser a restituição 2019.

O Seguro desemprego no Japão!

Obrigada por estar lendo mais um post!

Se você é novo por aqui, já curte minha página lá no face (Clarisse Miamoto) e no YouTube, que eu vou estar sempre compartilhando os posts do blog!

newspaper-154444_640

Quem acompanha as notícias japonesas, viu que essas semanas está um “bafafá” sobre a série de problemas no ministério do trabalho (Kousei Roudoushou), e seus ministros.

E como eu já queria escrever quais são os benefícios do Koyo Hoken (o básico) , vou explicar quais são, e como vai ser o procedimento daqui para frente para você poder estar recebendo o seguro desemprego no Japão.


O que é o Koyou Hoken?

Todos nós trabalhadores, com mais de 20 horas semanais, e de contrato com mais de 31 dias (exceto estudante), temos direito ao seguro desemprego e outros direitos trabalhistas.

Mas como nada é de graça, temos que contribuir uma parte e a empresa outra todos os meses. Esse “pacote” de benefícios é chamado de “Koyou Hoken” e é descontado do seu salário todos os meses, olha aí no seu holerite!

KOYOU quer dizer emprego, HOKEN seguro, ou seja, ao contrário do que achamos, esse é um seguro EMPREGO. É um seguro para continuarmos empregados, ou mesmo desempregados, podermos voltar a nossa vida de trabalho o mais rápido possível.


No que vem esse pacote “Koyou Hoken” então?

1.O seguro desemprego no Japão

2.Licença de maternidade

3.Licença de assistência pessoal (Kaigo)

4.Ajuda em qualificação profissional

5.Ajuda aos idosos para continuarem trabalhando (eu não traduzi ao pé da letra se não iria ficar muito estranho, mas é isso que quer dizer)


Quem tem direito ao seguro desemprego no Japão?

1.Ter contribuído ao Koyou Hoken mais de 12 meses durante 2 anos (pode ter intervalos). No caso de ser demitido, pode ser 6 meses seguidos apenas.

2.Estar a procura de emprego, exceto nos seguintes casos:

  • Doença ou machucado
  • Gravidez ou cuidados de criança pequena
  • Após se aposentar e querer descansar um pouquinho (é o que está escrito no site da hello work)
  • Querer se dedicar aos deveres do lar e não pretender voltar ao mercado de trabalho

Quanto posso receber o seguro desemprego no Japão?

O cálculo vai de acordo com quanto você recebeu nos últimos 6 meses.

E como existe pessoas como você curioso para saber quanto poderia receber, vou apresentar um site que faz um cálculo básico do seguro desemprego.

【2019年最新】失業保険の金額を計算(自動計算ツール)

 

Aqui eu fiz baseado numa pessoa que ganha 300mil por mês (sem descontar o shakai hoken) , tem menos de 30 anos e se auto demitiu.

O valor que iria receber do seguro desemprego é mais ou menos de 159,236 ienes por mês durante 3 meses.

Lembrando que é um cálculo básico então pode variar na hora de você fazer o pedido do seguro desemprego.


Informações para quem recebe ou para quem recebeu o seguro desemprego (de 2004 até hoje).

Como expliquei acima, o ministério do trabalho (Kousei Roudoushou) está numa faze muito turbulenta. Para quem não sabe, todos os Ministérios do Japão fazem pesquisas e publicam
os número e as médias das mesmas. Por exemplo, o ministério da justiça, pesquisa quantos estrangeiros tem no Japão. Os brasileiros estão em quinto lugar com 191,362 pessoas. http://www.moj.go.jp/nyuukokukanri/kouhou/nyuukokukanri04_00073.html

Da mesma forma, o ministério do trabalho pesquisa quanto as pessoas estão recebendo, e disso eles tiram uma média do salário atual. PORÉM, ao invés de fazer tudo bonitinho, eles foram lá e pesquisaram só 1/3 do que deveriam, modificando assim a média dos trabalhadores.


E o que isso tem a ver Clarisse? Eles só erraram nas contas….

O cálculo do Koyou Hoken, é baseado nessas pesquisas que o ministério do trabalho faz, portanto TODOS os cálculos feitos até hoje estavam ERRADOS.

Portanto, você que recebeu o Koyou Hoken *seguro desemprego, licença de maternidade, licença de kaigo* alguma vez desde 2004, ou recebe agora, vai ter um valor restituído referente a esse cálculo errado.


Quando que vou receber esse valor?

Agora por ter ficado polêmico esse assunto. O ministério do trabalho disponibilizou um Free Dial (Ligação de graça) para estar respondendo todas as perguntas a todas as pessoas.

Liguei lá de curiosa e disseram que ainda não tem previsão nem o valor de quanto será restituído, mas logo que tiverem tudo pronto, irão enviar uma carta dizendo os procedimos.

Talvez você recebeu menos o seguro desemprego no Japão

Como eu mudei de endereço desde que recebi minha licença de maternidade, perguntei como poderia fazer, já que a carta não irá chegar. Para as pessoas com o mesmo problema que eu, eles disseram que é para se informar na hello work depois que as cartas começarem a serem enviadas. Por sorte (ou não) meu marido ficou desempregado durante um tempo quando já estávamos nesse endereço, então é só eu ver se chegou a carta para ele ou não. Chegando a carta, farei mais um post explicando o passo a passo para vocês! Vou deixar o link do ministério do trabalho caso você queira ligar lá também.

https://www.mhlw.go.jp/stf/seisakunitsuite/bunya/0000150982_00003.html


Sobre o que eu li no Jornal Nikkei de 4 de fevereiro de 2019

O ministério do trabalho tem previsão de estar enviando o hagaki (cartão postal) nas datas seguintes:

  • Março – Outubro para as pessoas que estão recebendo agora o seguro desemprego
  • Abril – Novembro para as pessoas que receberam anteriormente

Se houver uma restituição, pretendem começar a pagar nas seguintes datas:

  • Em Abril para as pessoas que estão recebendo agora o seguro desemprego
  • Em Novembro para as pessoas que receberam anteriormente

Nesse artigo está escrito que 194milhões de pessoas foram afetadas ¨graças¨ a esse cálculo errado da pesquisa do ministério.


11/07/2019 Atualizando

https://www.mhlw.go.jp/stf/newpage_03463.html

Nesse link há mais informações não vou ficar traduzindo, mas estão pedindo para informar o ministério quem mudou de nome, não mora no endereço registrado na prefeitura ou para quem foi embora para o Brasil e desligou o Jyuminhyo e outros.


Obrigada por ter lido até o final, e compartilhe esse post caso você tenha alguém que utilizou o seguro desemprego esses anos.

E me de um like na página no face (se não for pedir muito) para você poder estar acompanhando mais informações como essa!

Se cadastre para futuras vagas do curso Shoshinsha Financeiro e garanta a sua!


Se quiser ter essas dicas fresquinhas, se cadastre no Blog e receba as notificações!

E me acompanhe nas redes sociais também! Lá você terá dicas valiosas diariamente.

Instagram: https://www.instagram.com/clarissemiamoto/

Facebook: https://www.facebook.com/clarissemiamoto/

2 comentário em “Talvez você recebeu menos o seguro desemprego no Japão! Saiba como funciona e como vai ser a restituição 2019.”

  1. Cesar Funayama

    Muito bom o post!Acho q seria legal um so sobre a licença maternidade. Pois vejo muito gente mentindo que não está grávida para poder receber o seguro

  2. Liveryoshitaka Kaneko

    Tinha visto na TV, mas com esta explicacao em portugues, ficou tudo melhor e otimo para nos brasileiros! Clarisse valew, obrigado pela sabedoria!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *